SANDPLAY- Terapia de Jogo na Areia

"O Jogo de Areia - Sandplay - não é apenas um método de terapia, mas um meio criativo através do qual o conteúdo da imaginação se torna real e visível. Além disso, proporciona ao terapeuta uma oportunidade única de observar os processos de desenvolvimento e de cura.”

Dora Kalff

 

 

Sandplay ou terapia de jogo na areia em português, é um mundo onde se constroem mundos. É um processo onde se dança num constante entre o consciente e o inconsciente, promovendo uma descoberta profunda que por vezes, nem sabemos onde nos leva. Enquanto terapeuta vivenciei este processo interno e sei os benefícios e os momentos que esta “imaginação” nos pode levar…

Teoricamente, é uma técnica terapêutica baseada nos conceitos psicológicos de Carl Jung, mas desenvolvida por Dora Kalff. É uma metodologia muito poderosa, com investigação científica e reconhecimento internacional, que através da criatividade recorre à imaginação individual de cada ser humano, como expressão das suas forças vivas quer do corpo como da alma.

​Esta técnica recorre a elementos específicos como a areia, a água e miniaturas, onde num espaço livre e protegido são desenvolvidos e criados mundos na caixa de areia, proporcionados pela continência desta, e pelo relacionamento terapêutico, com o terapeuta – figura contentora ao longo de todo o processo de projeção e transformação. As representações construídas geram um constante e continuo diálogo entre os processos conscientes e inconscientes na psique do paciente, proporcionando um maior e melhor conhecimento do seu próprio eu, isto é, da sua identidade.

​A Sandplay pode ser aplicada tanto em crianças como em adultos e possui um valor reconhecido no âmbito da investigação cientifica. É importante ainda referir que prescinde de comunicação verbal, por ser sobretudo visual, uma vez que as próprias construções manifestam uma representação do estado psíquico e também de partes desconhecidas do mesmo, ou seja, permite a expressão de conteúdos inconscientes de diferentes níveis da psique, de tal forma que podem mobilizados, reconhecidos e integrados de forma natural e segura. Por esta razão torna-se muito efetiva na redução de situações de grande sofrimento e dor emocional.

​Ao recorrer-se ao funcionamento da psique por meio da representação de imagens e símbolos, a construção de cenários é, consequentemente, uma ponte direta com o inconsciente do paciente, que é de extrema dificuldade de acesso, podendo vir a ocorrer desbloqueios emocionais e psíquicos, favorecendo uma reorganização psíquica. É uma metodologia efetiva que contribui para uma reconstrução da história psíquica da pessoa através da representação de materiais contidos no inconsciente que emergem visualmente e simbolicamente, integrando-se e levando à sua transformação, cumprindo enormes funções.

Se quiser vir experimentar esta técnica, marque a sua sessão. 

 

 ÁREAS DE INTERVENÇÃO 

A técnica de Sandplay é útil:

Situações traumáticas

Processos de luto

Presença de mutismo seletivo

Processos emocionais

Maus-tratos e abuso sexual

Processos de separação/divórcio

Presença de sintomas ansiosos

Presença de sintomas depressivos

Perturbação obsessivo-compulsiva

Problemas e/ou dificuldades de comportamento

Problemas e/ou dificuldades nos relacionamentos/relações

Dificuldades na construção da identidade

Outras questões emocionais, sociais e/ou do comportamento

Rua de Santa Marta nº 43 E/F, 5º B 1150-293 Lisboa

psiveracruz@gmail.com

Tel: +351 914 250 706

© 2019 Vera Cruz | Psicologa & Psicoterapeuta.